Sobre Nós

Notícias

Não ter um site 'mobile ready' significa perder vendas

Á medida que mais e mais “googlers” deixam para os seus smartphones ou tablets a procura de produtos ou serviços que necessitam, muitas empresas estão a verificar que estão a ser deixadas para trás. A pesquisa local e móvel são duas estratégias que são absolutamente necessárias se as empresas querem manter uma vantagem competitiva.

Com mais de 40% das pesquisas do Google serem efetuadas com intenções locais (isto é, perto da localização do utilizador), é fundamental serem feitas as mudanças necessárias no site da empresa de forma a poder pelo menos competir com as suas concorrentes.

Os consumidores querem ter acesso à informação e serviços, e querem-no bem rápido! Com o avanço da tecnologia, já é possível o utilizador fazer praticamente as mesmas acções no telemóvel que no seu computador. As empresas que ainda não se adaptaram a este novo universo mobile poderão eventualmente perder a oportunidade para atrair clientes. (Ler “A importância do mobile“)

Um dispositivo móvel é a forma mais pessoal de comunicação e começa a ser um meio bastante poderoso. Se uma empresa conseguir atrair um cliente no seu telemóvel, então terá certamente conseguido o mesmo em qualquer outra plataforma.

Um site que não seja ‘mobile friendly‘ torna excessivamente difícil ao visitante encontrar informações importantes sobre a empresa ou negócio, resultando em muitos pedidos de informação e vendas perdidas. As empresas necessitam de entender que os visitantes móveis são visitantes com tarefas específicas, o que significa que estão à procura do seu produto ou serviço no momento da pesquisa!

Estudos indicam que cerca de 60% dos visitantes móveis a um site ‘mobile ready‘, acabam por finalizar o negócio.


A importância de ter um site ‘mobile friendly’

Uma empresa deve colocar-se na posição dos seus visitantes e questionar-se sobre o que é que os seus visitantes encontram quando entram no seu site através de uma tablet ou smartphone? O site da empresa está preparado para receber estes potenciais clientes? É fácil para estes entender e navegar no site?

Como referido alguns parágrafos mais acima, quando um visitante com um dispositivo móvel visita um site preparado (mobile ready), é bastante provável que este efetue uma compra. Estes visitantes valorizam o facto que estes negócios/empresas oferecem uma experiência de navegação que responde às suas necessidades.

Empresas que sabem responder às necessidades dos seus clientes, mantêm estes clientes e a tendência é para um forte crescimento. Na verdade, um outro estudo levado a cabo pela eMarketer, indica que 52% dos utilizadores de dispositivos móveis referem que quando encontram um site que não está preparado para navegação mobile, muito raramente continuam a navegar e procuram o que necessitam numa empresa concorrente, que esteja preparada. É apenas uma estatística, mas não se deve desvalorizar.

Ter um site preparado para receber visitantes com dispositivos móveis, é uma grande parte da tarefa, mas existe outra parte que não se deve esquecer, que passa pela forma como os visitantes conseguirão chegar ao site da empresa. Ter um site totalmente optimizado para mobile, e completo, é a uma primeira fase, pelo que de seguida se deverá avançar para a estratégia SEO, que são um conjunto de técnicas/estratégias que permitirão à empresa ter um grau de importância mais, ou se não bem aplicada, menos importante para os motores de pesquisa, nomeadamente o Google. É importante que para determinada pesquisa, a página de uma empresa pelo menos apareça na primeira página dos motores de pesquisa. Este tema já foi explorado aqui, no seguinte link: SEO Mobile – Na mão do cliente.

Antes de terminar com um inquérito feito a empresas que não estão preparadas para receber visitantes móveis, deixo aqui um conselho que muitos de nós nem sempre nos recordamos, mas que é a base de sucesso para muitos negócios:


“Don’t follow, lead the way!”

(Não siga, lidere o caminho!)